Off

SEMENTES DE GRAMÍNEAS SÉRIE GOLD

by Gushiken on 26/08/2011
Cincopa WordPress plugin

AS SEMENTES INTELIGENTES DA MATSUDA

INTRODUÇÃO

O tratamento de semente tem como finalidade melhorar as condições para sua geminação e em hipótese nenhuma significa que sua porcentagem de germinação irá aumentar.

Isso significa melhorar o controle de fatores externos que interferem na germinação das sementes como:  fatores climáticos,  micro organismos dos solos,  insetos,  equipamentos necessário para o plantio e próprio plantio.

Essas condições podem ser melhoradas alterando o meio ou dando melhores condições ás sementes.  No caso da Matsuda,  a opção foi melhorar também a segunda opção,  pois cada produtor deve preparar o seu solo e as condições de plantio,  da melhor maneira possível,  mas controlar o clima por exemplo é quase impossível,  assim a maneira mais eficiente de evitar o máximo de problemas a campo é o uso de semente de boa qualidade se for tratada melhor ainda.

TRATAMENTO DE SEMENTE

Sementes de alta pureza

Definimos como tratamento de sementes todo processo que tem por finalidade aumentar a sua qualidade.  Portanto,  o tratamento inicia com a limpeza das sementes que chegam doa vários campos de produção.  O objetivo desta limpeza é eliminar as impurezas com:  sementes chochas,  palhas,  torrões,  terra,  sementes de ervas daninhas,  colocando lote dentro dos padrões exigidos por lei.

Estas sementes podem ser limpas por três processos distintos:

– Limpeza por diferença de tamanho

Esta limpeza é realizada por peneiras, utilizando malhas de diversas medidas,  tamanho e formato. O principio desta limpeza é baseado na diferença de tamanho das sementes de forrageiras com relação ao tamanho das diversas impurezas.

– Limpeza por diferença de peso

Neste caso os equipamentos utilizados são as mesas densimétricos e os equipamentos de ventilação. A separação aqui ocorre por diferença de peso,  a primeira associa a vibração com um fluxo de ar e outra somente um fluxo de ar.

– Limpeza por diferença de cor

São poucas as empresas que detém essa tecnologia,  que utiliza sensores fotoelétricos,  para limpar as impurezas das sementes,  baseado na diferença de cor entre ambos

A lei n° 10711 de 05 de agosto de 2003,  através de seus complementos,  regulamenta a produção e comercialização de sementes em todo território brasileiro,  inclusive as sementes de forrageiras. A finalidade da limpeza destas sementes é atender os padrões mínimos,  principalmente o de pureza e ervas daninhas.

O uso de sementes de maior pureza apresenta as vantagens da economia,  pois gasta-se menos o frete,  evitando transporte de impurezas,  utiliza-se menos horas de trator no plantio também,  além de economizar na mão de obra.  Corre- se menos riscos de introduzir ervas daninhas indesejáveis na área de plantio,  cujo o controle poderá ser mais caro que o preço da terra .

Sementes escarificadas

O segundo tratamento que pode ser realizado na sementes de forrageiras é a escarificação ,  que pode ser química ou mecânica.  A escarificação retira as glumas inferior e superior das sementes,  ou seja,  retira o tegumento.

Este processo favorece a absorção de água e oxigênio pelas sementes,  que podem contribuir para uma germinação mais rápida e uniforme.

Escarificação mecânica

Esta escarificação é conhecida como brunimento e é muito utilizada nos grãos de arroz.  As glumas são retiradas por meio de lixas fricção com martelo de borracha,  que por atrito fazem este serviço.  O resultado são as sementes brunidas.

Escarificação química

Neste processo tegumento ou pele das sementes (glumas) são retiradas quimicamente,  através da ação corrosiva do ácido sulfúrico,  com concentração de 98%.

Somente empresas com know – how no tratamento de sementes é que pode assegurar a qualidade das sementes,  pois é um tratamento que necessita muito controle, cuidado e experiência, inclusive dos funcionários.

Sementes livres de nematóides fito patogênicos

Atualmente uma das qualidades mais apreciadas, e também exigidas por vários paises importadores de nossas sementes de forrageiras,além da pureza e as germinação é a qualidade sanitária.

Os fitonematóides, microorganismos com estudos recentes, são considerados,  vermes do solo, atacam de varias maneiras as plantas de vários cultivos.

Recentemente através de um estudo patrocinado pela Matsuda, a Unesp –  Universidade Estadual Paulista , em Jaboticabal,  diagnosticou os nematóides que podem infestar uma pastagem e quais podem ser disseminados por sementes de forrageiras.

Este estudo continuou com o desenvolvimento de metodologias que eliminam estes nematóides das sementes de forrageiras e atualmente está sendo pesquisadas metodologias e produtos que evitam a infestação das sementes no campo.

Para regiões que adotam a técnica da integração lavoura -pecuária ou regiões com preocupação de introdução de nematóides através de sementes de forrageiras,  principalmente,  o heterodera glycine,que ataca as plantas de soja,  a Matsuda comercializa lotes de sementes livres destes nematóides.

Sementes revestidas

Outro tratamento disponível na Matsuda é o revestimento das sementes através de dois processos:

Peliculização:  é uma tecnologia que consiste na substituição de corantes, de uso obrigatório por lei,  quando qualquer semente recebe um tratamento químico (fungicida e inseticida).  Possui a vantagem de se utilizar o polímero, que é um produto semi permeável em água,  controlando a absorção de água pela semente.

Incrustação: esta tecnologia é utilizada há muitos anos por sementes de hortaliças, florestais e tabaco, que a INCOTEC desenvolveu para sementes de forrageiras.  Aumenta 2,5 vezes o tamanho e o peso das semente,  facilitando a plantabilidade, melhorando as condições de germinação e a eficiência de fungicida e inseticida.

Sementes tratadas com fungicidas

As sementes de forrageiras da Matsuda são tratadas com dois fungicidas:  Tiram e Carbendanzim,  que protegem as sementes contra vários fungos do solo.  Estes podem atacar as sementes que estão no solo ou durante a germinação,  fosse mais critica,  pois há uma ruptura no tegumento,  que serve como uma ponta de entrada para estes microorganismos.

Sementes tratadas com inseticidas

A Matsuda foi pioneira nesse tratamento,  iniciando com testes de diversos produtos existentes no mercado, tentando resolver problemas de produtores,  principalmente na região centro –  norte do Brasil,  que perdiam o plantio por ataques de insetos como:  formigas,  grilos,  gafanhotos,  cupins e etc.

Deste trabalho resultou o tratamento das sementes de forragens com inseticidas Standak,  técnica esta adotada por diversas empresas.

O tratamento de semente tem como finalidade melhorar as condições para sua geminação e em hipótese nenhuma significa que sua porcentagem de germinação irá aumentar.

Isso significa melhorar o controle de fatores externos que interferem na germinação das sementes como:  fatores climáticos,  microorganismos dos solos,  insetos,  equipamentos necessário para o plantio e próprio plantio.

Essas condições podem ser melhoradas alterando o meio ou dando melhores condições ás sementes.  No caso da Matsuda,  a opção foi melhorar também a segunda opção,  pois cada produtor deve preparar o seu solo e as condições de plantio,  da melhor maneira possível,  mas controlar o clima por exemplo é quase impossível,  assim a maneira mais eficiente de evitar o máximo de problemas a campo é o uso de semente de boa qualidade se for tratada melhor ainda.

 

agrogushi@gmail.com

(67) 9.9950-3262  V

Comments are closed.

Seo Packages