Off
Link to 12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

Parabéns aos profissionais por este dia

Off
Link to 12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

Parabéns aos profissionais por este dia

Off
Link to 12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

Parabéns aos profissionais por este dia

Off
Link to 12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

12 de Outubro: Dia do Engenheiro Agrônomo

Parabéns aos profissionais por este dia

Off
Link to MG-5 ou VITÓRIA ou XARAÉS – Brachiaria brizantha cv. MG-5 Vitória

MG-5 ou VITÓRIA ou XARAÉS – Brachiaria brizantha cv. MG-5 Vitória

Nome científico: Brachiaria brizantha (Hochst.) Stapf. Cultivar: MG-5 Vitória (CIAT 26110 – BRA 004308), registrada em 22/03/2000 Fertilidade do solo: Média e alta Forma de crescimento: Touceira decumbente Altura: 1,0  a 1,60 m Utilização: Pastejo direto, silagem e fenação Digestibilidade: Excelente Palatabilidade: Boa Precipitação pluviométrica: De 800...

Off
Link to MG-4 – Brachiaria brizantha cv. MG-4

MG-4 – Brachiaria brizantha cv. MG-4

Nome científico: Brachiaria brizantha (Hochst.) Stapf. Cultivar: MG-4 (CIAT 26646) Fertilidade do solo: Média a baixa Forma de crescimento: Touceira decumbente Altura: 1,00 a 1,50 m Utilização: Pastejo direto, silagem e fenação Digestibilidade: Boa Palatabilidade: Boa Precipitação pluviométrica: Acima de 800 mm anuais Tolerância à seca: Boa Tolerância ao...

Link to LLANERO ou DICTYONEURA –  Brachiaria humidicola cv. Llanero (ex-dictyoneura)

LLANERO ou DICTYONEURA – Brachiaria humidicola cv. Llanero (ex-dictyoneura)

Nome científico: Brachiaria humidicola (Rendle.) Schweickerdt. Cultivar: Llanero (CIAT 6133, CPAC 3139, BRA 001449) Fertilidade do solo: Baixa a média Forma de crescimento: Planta estolonífera Altura: Até 1,0m Utilização: Pastejo direto e fenação Digestibilidade: Boa Palatabilidade: Boa Precipitação pluviométrica: Acima de 700 mm anuais Tolerância à...

Off
Link to HUMIDÍCOLA ou QUICUIO DO AMAZÔNIA – Brachiaria humidicola

HUMIDÍCOLA ou QUICUIO DO AMAZÔNIA – Brachiaria humidicola

Nome científico: Brachiaria humidicola (Rendle.) Schweickerdt. Cultivar: comum (CIAT 679) Fertilidade do solo: Baixa Forma de crescimento: Planta estolonífera Altura: Até 1,0m Utilização: Pastejo direto e fenação Digestibilidade: Média a baixa Palatabilidade: Média a baixa Precipitação pluviométrica: Acima de 700 mm anuais Tolerância à seca: Alta Tolerância ao...

Off
Link to CAPIM ELEFANTE PARAÍSO – Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum cv. Paraíso Matsuda

CAPIM ELEFANTE PARAÍSO – Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum cv. Paraíso Matsuda

Nome científico:Pennisetum glaucum x Pennisetum glaucum Cultivar: Paraíso Matsuda Origem: Estados Unidos Fertilidade do solo: Alta Forma de crescimento: Touceira ereta Altura da planta: Até 3,0 m Utilização: Pastejo direto, silagem e forragem verde picada Digestibilidade: Excelente Palatabilidade: Excelente Precipitação pluviométrica: Mínimo de 1.200 mm anuais Tolerância à...

Off
Link to DECUMBENS ou BRAQUIARINHA – Brachiaria decumbens cv. Basilisk

DECUMBENS ou BRAQUIARINHA – Brachiaria decumbens cv. Basilisk

Nome científico: Brachiaria decumbens Stapf. Prain. Cultivar: Basilisk (CIAT 606 – IRI 822 – BRA 001058) Fertilidade do solo: Média e baixa Forma de crescimento: Touceira decumbente Altura: 0,60 a 1,00 m Utilização: Pastejo direto, silagem e fenação Digestibilidade: Boa Palatabilidade: Boa Precipitação pluviométrica: Acima de 800 mm anuais Tolerância à seca:...

Off
Link to CAPIM ELEFANTE CARAJÁS – Carajas Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum

CAPIM ELEFANTE CARAJÁS – Carajas Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum

Nome científico: Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum Nome da cultivar: Carajás Exigência em fertilidade do solo: Alta Forma de crescimento: Touceira ereta Forma de utilização: Pasto para corte (verde moído ou silagem) Altura da planta: Até 3,4 m Teor de proteína: Até 15% na matéria seca Digestibilidade: Até 65% (“in...

Off
Link to BRIZANTÃO ou BRAQUIARÃO ou MARANDÚ – Brachiaria brizantha cv. Marandú

BRIZANTÃO ou BRAQUIARÃO ou MARANDÚ – Brachiaria brizantha cv. Marandú

Nome científico: Brachiaria brizantha (Hochst.) Stapf. Cultivar: Marandú (CIAT 6294 – IRI 822 – BRA 000591) Fertilidade do solo: Média a alta Forma de crescimento: Touceira semi-ereta Altura: 1,0 a 1,5m Utilização: Pastejo direto, silagem e fenação Digestibilidade: Boa Palatabilidade: Boa Precipitação pluviométrica: Acima de 800 mm anuais...

Off
Link to AVEIA PRETA – Avena strigosa

AVEIA PRETA – Avena strigosa

Fertilidade do solo: Média e alta (bem drenado) Forma de crescimento: Ereto, cespitosa Altura: 1,0 a 1,2 m. Utilização: Pastejo, produção de grãos, fenação e adubação verde Digestibilidade: Muito boa Palatabilidade: Muito boa Teor de proteína: 13 a 15% na MS Precipitação pluviométrica: Acima de 700 mm...

Off
Link to ATLAS – Panicum maximum cv. Atlas

ATLAS – Panicum maximum cv. Atlas

Nome científico: Panicum maximum Jacq. Cultivar: Atlas Cultivar Protegido sob o no: 21806.000673/2003-15 em 26/05/2003 Certificado de Proteção: 00499 Fertilidade do solo: Alta Forma de crescimento: Touceira cespitosa Altura: De 1,5m a 2,0m Utilização: Pastejo direto e silagem Digestibilidade: Excelente Palatabilidade: Excelente Precipitação pluviométrica: Acima...

Páginas:«1234567891011»
Seo Packages