Off

OUTRAS VARIEDADES

Outras variedades de gramíneas e leguminosas:  GRAMÍNEAS: ANDROPOGON – Andropogon gayanus Kunth cv. Planaltina ÁRIES – Panicum maximum cv. Áries ATLAS – Panicum maximum cv. Atlas AVEIA PRETA – Avena strigosa CAPIM ELEFANTE CARAJÁS – Carajas Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum CAPIM ELEFANTE PARAÍSO –...

Off
Link to ARUANA – Panicum maximum cv. Aruana

ARUANA – Panicum maximum cv. Aruana

CARACTERÍSTICAS Família: Gramíneas Espécie: Panicum maximum Cultivar: Aruana Ciclo vegetativo: Perene Consorciação: Todas as leguminosas Hábito de crescimento: ereto em touceiras baixas Tempo de formação: 75 dias Altura do corte (pastejo): 20 cm Matéria Seca: 12 t/ha/ano Proteína bruta na MS: 8 a 10% da...

Off
Link to MASSAI – Panicum maximum cv. Massai

MASSAI – Panicum maximum cv. Massai

Fertilidade do solo: média, alta Forma de crescimento: touceira Altura: 0,6 a 0,8 m Utilização: pasteiro direto, fenação Digestibilidade: boa Palatabilidade: muito boa Resistência a seca: boa Resistência ao frio: boa Teor de proteína: 11 a 18% Profundidade de plantio: 1 a 2 cm. Ciclo vegetativo: perene Cigarrinha: tolerante Pontos de VC/Ha: 300 a 350 Origem: Embrapa híbrido espontâneo...

Link to MULATO II – Brachiaria híbrida cv. MULATO II

MULATO II – Brachiaria híbrida cv. MULATO II

A Brachiaria híbrida cv. MULATO II é a terceira geração de cruzamentos entre Brachiarias, realizados pelo CIAT (Centro Internacional de Agricultura Tropical – www.ciat.cgiar.org), com sede em Cali, Colômbia, que se iniciaram em 1988, dentro de seu Programa de Forragens Tropicais.  CARACTERÍSTICAS DIFERENCIAIS  · Ampla adaptação edafo climática · Tolerância ao...

Off
Link to UMA BOA FORMAÇÃO DE UMA PASTAGEM. AGROSTOLOGIA

UMA BOA FORMAÇÃO DE UMA PASTAGEM. AGROSTOLOGIA

O sucesso da formação de uma pastagem depende muito mais de conhecimento do que de sorte. Grande parte dos procedimentos necessários a uma boa formação,  apresentados a seguir,  não implica em aumento de custos. 1. O preparo do solo: – inicia-se pela coleta de mostras do...

Off
Link to BRS PIATÃ – Brachiaria brizantha cv. Piatã

BRS PIATÃ – Brachiaria brizantha cv. Piatã

PIATÃ Fertilidade do solo: Média a Alta Forma de crescimento: Touceira Altura: 1,20 a 1,60 m Utilização: Pastoreio direto e Fenação Digestibilidade: Excelente Palatabilidade: Excelente Resistência a seca: Média Resistência ao frio: Média Teor de proteína: de 10% a 12% Profundidade de plantio: 1 a...

Off
Link to SOJA PERENE – Neonotonia wightii

SOJA PERENE – Neonotonia wightii

Origem: Ásia Nome científico: Neonotonia wightii Fertilidade do solo: Alta Forma de crescimento: Rasteiro e trepador Altura: 40 a 60 cm Utilização: Adubo verde, feno e pastejo Precipitação: Acima de 700 mm Tolerância à seca: Média Tolerância ao frio: Boa Palatabilidade: Ótima Teor de Proteína na Matéria seca: 11 a 20%...

Off
Link to PUERÁRIA – Pueraria phaseoloides

PUERÁRIA – Pueraria phaseoloides

Origem: Sudeste da Ásia, Malásia e Indonésia Nome científico: Pueraria phaseoloides Fertilidade do solo: Baixa, média e alta Forma de crescimento: Rasteiro e trepador Utilização: Pastejo, feno, ensilagem e adubo verde Digestibilidade: Muito boa Palatabilidade: Muito boa Precipitação pluviométrica: Acima de 900 mm anuais Tolerância a seca:...

Off
Link to MUCUNA PRETA – Mucuna aterrima

MUCUNA PRETA – Mucuna aterrima

Fertilidade do solo: Baixa e média (Bem drenados) Forma de Crescimento: Rasteiro, trepador Utilização: Adubação verde, controle de erosão e nematoide Precipitação pluviométrica: Acima de 700 mm anuais Tolerância a seca: Alta Tolerância ao frio: Média Teor de proteína: 18% na MS Profundidade no plantio: 3 a 4...

Link to MINEIRÃO – Stylosanthes guianensis cv. Mineirão

MINEIRÃO – Stylosanthes guianensis cv. Mineirão

Origem:América Central e do Sul Nome científico: Stylosanthes guianensis cv. Mineirão Fertilidade do solo: Baixa, média e alta Altura: 1,2 a 1,6 m Utilização: Pastejo Digestibilidade: Boa Palatabilidade: Muito boa Precipitação pluviométrica: Acima de 700 mm anuais Tolerância a seca: Alta Tolerância ao frio: Média Teor de proteína...

Páginas:1234»
Seo Packages